AC quer criar plano de desenvolvimento com tecnologia para gerar empregos e fomentar economia

0
53

Para gerar mais empregos e fomentar a economia local, o governo do Acre quer criar um plano de desenvolvimento com ferramentas tecnológicas com o foco na geração de empregos. Por isso, a Secretaria de Ciência, Industria e Tecnologia realizou um workshop na Federação das Indústrias com representantes de instituições de pesquisas federais e estaduais. Uma das principais atividades econômicas que busca a inovação tecnológica no estado é o agronegócio.

“Vamos construir com diversas mãos. Tivemos instituições com o foco de fomentar as empresas como o Sebrae e as federações e instituições de ensino Ufac e Ifac”, falou o secretário de Ciência, Industria e Tecnologia, Assurbanipal Mesquita.

Agronegócio gerando recursos
O workshop reuniu instituições de pesquisa como a Embrapa. Atualmente, o agronegócio é uma das principais atividades econômicas do Acre e a instituição oferece para os produtores alternativas tecnológicas para o aumento de produção, uma delas é para recuperar as áreas degradadas.

“Sabemos que seguindo corretamente o código florestal não podemos abrir novas áreas, temos essa restrição e precisamos produzir com sustentabilidade. É possível usar a tecnologia para recuperar uma área degradada, recuperando essa terra, que não está dentro do sistema de produção, nós podemos dobrar nossa produção agropecuária. Isso permite que o estado gere muito mais renda, mais negócios e assim aumenta o desenvolvimento de fato do nosso estado”, disse o chefe geral da Embrapa, Bruno Pena.

Turismo com incentivo fiscal
O turismo também será colocado no plano e o objetivo do governo é garantir incentivos ficais para as empresas de outros estados e, com isso, tornando-se um maior gerador de empregos.

“O turismo é uma área de grande potencial, pouco explorado por todas as instituições e, aos poucos, estamos conseguindo mostrar como gerar empregos neste tipo de negócio”, comentou o secretário.

O governo também pretende criar o distrito tecnológico em Rio Branco. A ideia é desenvolver um projeto semelhante ao Parque Tecnológico em Recife, Pernambuco, com a possibilidade de gerar até 13 mil empregos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui