Candidato que não recebeu nenhum voto no Acre aparece e justifica: “Estava preso”

0
52

O ex-candidato Dir Silva (Agir) foi um dos dois candidatos do Acre que não recebeu nenhum voto nas urnas no dia 2 de outubro.

Nesta segunda-feira (31), ele foi às redes sociais justificar o resultado. Dir, que se hama na verdade Jurandir, afirmou, por meio de uma nota pública que estava preso no Presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC) desde agosto e por isso não chegou a disputar o cargo de deputado estadual ao qual se candidatou.

O motivo da prisão não foi informado, mas ele afirma que não desistiu da política e chamou a imprensa de ‘maliciosa’: “Fiquem tranquilos que eu irei tomar as devidas providências judiciais cabíveis no âmbito da lei, pois quem mim conhece sabe de minha condulta libada, meus princípios e meus valores. grato a todos pela sua compreensão… quem não deve, não teme”, escreveu.

Além dele, Ambrozio Moura também do agir não computou nenhum voto.

Confira a nota na íntegra e a postagem dele ao fim:

Olá! Meus queridos amigos e amados irmãos, meu povo do Acre. Venho através desse COMUNICADO Público, informar-lhes a toda Sociedade Acreana, que infelizmente não foi possível eu Disputar as as nossas Eleições Estaduais Acreana deste Ano de 2022 Por MOTIVO de FORÇA MAIOR… Pois eu estava Preso no Presídio Francisco de Oliveira Conde ( FOC) Pavilhão R, Cela 02 Desde do dia: *02/08/2022 e sai ontem dia: 30/10/2022* Completando 90 dias de Cadeia em Regime Fechado conforme a Lei determinou, mais Deus sabe todas as coisas, e na minha Vida quem manda e desmanda é o meu Deus, pois seus Planos e suas Pressas são melhores, e maiores que os meus. Ressalto que todos esses acontecimentos, não me diminuiu em NADA. Continuarei sempre FIRME, FORTE na Luta e na Esperança de que um dia Juntos nós iremos chegar na Nova Política Acreana com Mandato, e Legislar pelo meu povo do Acre, se assim o meu Deus Permitir. Sobre o que a Mídia Maliciosa do Acre, e do Brasil estão falando e divulgando sobre a minha Pessoa não é verdade. Fiquem tranquilos que eu irei tomar as devidas providências Judiciais cabíveis no âmbito da lei, pois quem mim conhece sabe de minha Condulta libada, meus Princípios e meus Valores. Grato a todos pela sua compreensão… Quem não deve, não teme. TMJ”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui