Em Rio Branco Homem é condenado por usar documento falsificado para fazer Boletim de Ocorrência

0
48

Um homem que usou documento falsificado para registrar um Boletim de Ocorrência foi condenado pela 1º Vara Criminal da Comarca de Rio Branco. A sentença do homem é de prestação de serviços à comunidade, por um período de oito horas semanais, durante um ano.

De acordo com os autos, o crime foi cometido em junho de 2018, quando o réu apresentou um documento que não era dele, e sim de um cunhado, em uma delegacia de Rio Branco, para fazer um Boletim de Ocorrência (BO). Conforme a confissão do acusado na fase inquisitorial, ele usou documento de outra pessoa com uma fotografia sua, para registrar ocorrência para abrir uma conta bancária, para ajudar o dono do documento falsificado.

Apesar do testemunho prestado às autoridades policiais, o denunciado não compareceu perante à Justiça, por isso, foi decretada a revelia dele. Então, com os elementos presentes no processo, o juiz de direito Danniel Bomfim, condenou o homem pela prática do crime de falsidade ideológica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui