Homem morre asfixiado próximo a restaurante de Rio Branco e empresário esclarece fato

0
51

Na noite desta segunda-feira (24), por volta das 21h, uma publicação no grupo Gastronomia do Acre chamou a atenção dos internautas. Segundo o post de Larissa Oliveira, seguranças do Restaurante e Pizzaria “A Princesinha” teriam asfixiado seu esposo até a morte. A postagem foi apagada alguns minutos após a publicação.

“Foi uma covardia!…”, relatou a viúva de Alan Cordeiro nas redes sociais sobre a possível asfixia sofrida pelo jovem.

Nossa equipe entrou em contato com os responsáveis pelo restaurante, que alegaram não ter acontecido nada nas dependências do local.

“Não aconteceu nada no restaurante e nenhum dos nossos seguranças estão envolvidos neste caso”, relatou o empresário Roberto da Princesinha.

 

Na verdade o que teria acontecido segundo informações de populares, foi que na rua ao lado do restaurante havia um homem visivelmente transtornado que teria sido imobilizado até a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Dentro da viatura, o rapaz foi a óbito devido a uma parada cardiorrespiratória como consequência de uma overdose, segundo o laudo médico.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui