Bocalom recebe Juiz de direito Giordane Dourado e promotor de Justiça Francisco Maia para tratar do Projeto Família Acolhedora

0
48

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, acompanhado do secretário da Casa Civil, Valtim José e do assessor especial de Articulação Institucional, Helder Paiva, recebeu na manhã desta terça-feira (1), o promotor de justiça Francisco Maia e o Juiz de direito Giordane Dourado, para tratar do Projeto de Lei Família Acolhedora.

A ideia, é que cada família que acolher uma criança, receba da prefeitura, um salário mínimo. Para isso, um projeto de lei será encaminhado para a Câmara Municipal, para ser aprovado ainda este ano, como garante o prefeito de Rio Branco.

 

O prefeito Tião Bocalom explicou que irão encaminhar a lei, que já está com o jurídico da prefeitura, para a Procuradoria Geral do Município e em seguida será encaminhada para Câmara Municipal.

“Nossos vereadores, que com certeza são sensíveis as causas sociais vão aprovar. Se Deus quiser, começaremos a execução, se não este ano, mas a partir do ano que vem.”

Para o juiz de direito do Tribunal de Justiça do Acre, Giordane Dourado, esse projeto tem como objetivo maior, dar à criança desassistida, um amparo, uma família. De acordo com ele, quanto mais crianças forem tiradas das ruas e dos abrigos, melhora a sociedade e os prepara para o futuro.

“Essa parceria com o município é essencial, pois a gestão vai realizar, concretamente, um programa de assistência para essa família, dando as condições financeiras e materiais para cuidar dessas crianças.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui