Em Rio Branco, região da Baixada da Sobral registra mais um homicídio pelo 3º dia seguido

0
76

Mais uma morte violenta foi registrada na região da Baixada da Sobral, em Rio Branco, nesta quinta-feira (24). Esse é o terceiro homicídio na localidade no período de três dias. Desta vez, o crime ocorreu na Rua Alan Vitor, bairro São Sebastião.

O rapaz foi achado caído em uma das calçadas da rua com marcas de tiros. A identificação dele ainda não foi divulgada.

Equipes da Polícia Militar, do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e da perícia estão no local. Ainda não há informações de como o crime teria sido praticado.

Onda de violência
O primeiro homicídio registrado na região da Baixada da Sobral foi na noite de terça-feira (22). Um homem, ainda não identificado, foi morto a tiros na Rua Santa Rita, bairro Bahia Velha.

O Centro de Operações Policiais Militares (Copom) informou que o homem foi atingido por diversos disparos de pistola .40, arma de uso restrito das forças armadas. A vítima chegava em casa quando duas pessoas em uma bicicleta e passaram atirando. Informações iniciais repassadas pela polícia são de que o homem teria envolvimento com uma facção criminosa.

Já na noite dessa quarta (23), William Borges Soares, de 29 anos, foi morto no bairro Boa União após três homens dentro de um carro passarem atirando na Rua 7 de Setembro. Três suspeitos foram presos e levados à Delegacia de Flagrante.

Em entrevista nesta quinta, o delegado Cristiano Bastos disse que a morte teve ligação com o confronto de facções criminosas. Duas linhas são levadas em consideração: o fato de a vítima ter ligação com a morte de um adolescente ou um desentendimento dentro do grupo criminoso.

“A vítima estava envolvida em um caso recente onde um adolescente foi morto e possivelmente jogado no rio. Já havíamos identificado ele, representamos pela prisão e ocorreu a morte. Ele era o dono da casa que aparece no vídeo da morte do adolescente. A organização criminosa conseguiu encontrar onde ele estava e foi para o enfrentamento e, além dele, duas pessoas foram atingidas também e ficaram em situação grave, mas tudo em decorrência de facções criminosas”, destaca.

Porém, segundo o delegado, pode ter ocorrido uma divergência dentro da própria facção. “A vítima do vídeo tem familiares de outras facções criminosas e estamos analisando o que motivou esse ataque de ontem [quarta, 23].”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui