Em Sena Madureira, Ribeirinha dá entrada no PS e morre horas depois; esposo é detido

0
141

A ribeirinha identificada como Maria das Dores (Dôra), 65 anos de idade, foi a óbito por volta das 16 horas desta segunda-feira (14), no Hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira. Ela morava na comunidade Caverna, rio Macauã, e nesta manhã foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros e levada ao PS.

Conforme informações, Dôra apresentava hematoma na região da cabeça. O esposo dela foi preso e encaminhado para a Unidade de Segurança Pública sob suspeita de ter agredido a mesma.

A Polícia Civil está investigando o caso para descobrir se realmente existiu a agressão ou não. Nessas circunstâncias, o corpo da idosa deverá ser encaminhado para o IML de Rio Branco.

Ao se encontrar nas proximidades do Hospital, o morador Zé Miciano, casado com a mãe do suspeito, disse ao ContilNet que Dôra bateu a cabeça em um tarugo. Segundo ele, o rapaz é inocente.

Familiares da vítima compareceram ao Hospital local e aguardam a liberação do corpo para providenciar o velório. O clima entre eles é de total consternação.

As investigações a respeito da morte continuam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui