Gladson cria gabinete de crise para tratar de bloqueios da BR e desabastecimento do Acre

0
34

O governador Gladson Camelo instituiu na quarta-feira (23) o gabinete de crise para tratar sobre os prejuízos causados pela obstrução do acesso ao Estado do Acre. O gabinete foi criado para tratar das consequências dos bloqueios feitos por bolsonaristas que questionam o resultado das eleições.

De acordo com o decreto que instituiu o gabinete que será coordenada pela Casa Civil será composto por membros da Associação Comercial, Procuradoria Geral do Estado, Secretaria de Segurança Pública, Secretaria de Saúde, Sefaz e Seplag.

O gabinete de crise irá monitorar, mobilizar e coordenar as atividades dos órgãos públicos estaduais para adoção de medidas necessárias ou úteis à amenização dos agravos causados pelo bloqueio. O gabinete ficará responsável ainda por toda a discussão e adoção de providências relacionadas aos prejuízos, concretos ou potenciais, decorrentes da obstrução da rodovia de acesso ao Estado do Acre.

Como justificativa para a criação do gabinete o governador se baseou em dados disponibilizados pela Polícia Rodoviária Federal – PRF, através de Relatório de Interdições/Bloqueios (das 18h00 de 30 de outubro de 2022 às 14h30 de 22 de novembro de 2022), que apontavam pontos ativos de bloqueios totais que impossibilitam a chegada de veículos até o Estado de Rondônia e até o Estado do Acre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui