Irã pressiona, marca no fim e derruba o País de Gales

0
24

Por um momento, pareceu que a trave seria a grande protagonista do jogo. Mas, de tanto insistir, Irã chegou à vitória contra o País de Gales. Com dois gols nos acréscimos, de Cheshmi e Rezaeian, aos 49 e 55 minutos do segundo tempo, o time de Carlos Queiroz se recuperou da goleada sofrida para a Inglaterra na estreia da Copa do Mundo. De quebra, mostrou forças para buscar sua primeira classificação para o mata-mata em sua história. Do outro lado, Gareth Bale, em mais uma atuação ruim, não conseguiu liderar os galeses à vitória. Antes de sofrer os gols, o time europeu ainda teve o goleiro Hennessey expulso. Agora, depende de uma boa vitória diante da Inglaterra na última rodada, além de um empate entre Irã e Estados Unidos.

Situação do grupo e agenda
Com a vitória, o Irã deu um grande passo em busca de uma classificação inédita ao mata-mata. Depois da goleada sofrida para a Inglaterra, o time de Carlos Queiroz agora soma três pontos no grupo B. Na última rodada, a seleção encara os Estados Unidos. Se a Inglaterra confirmar o favoritismo e vencer os americanos nesta sexta, o Irã pode garantir a vaga mesmo com um empate na última rodada. Do outro lado, o País de Gales precisa de um milagre em busca da classificação. Confira a tabela completa da Copa do Mundo.

Primeiro tempo
O Irã foi a campo pressionado após a goleada sofrida para a Inglaterra. Até por isso, o time de Carlos Queiroz tentou buscar a reação na marra. Diante das próprias limitações, a seleção asiática passou mais tempo no ataque. Chegou, inclusive, a ter um gol anulado, marcado por Gholizadeh. Foi, porém, um primeiro tempo de muitos erros dos dois lados. Com Gareth Bale apagado, o País de Gales teve sua melhor chance em uma finalização a queima-roupa de Moore, defendida por Hosseini. De resto, um jogo ruim.

SEGUNDO TEMPO
O Irã se manteve no campo de ataque no segundo tempo. Em busca da vitória, a seleção de Carlos Queiroz foi para cima, mas parou duas vezes na trave, além de esbarrar em boas defesas de Hennessey. O goleiro de País de Gales, porém, acabou sendo decisivo de outra forma. Ao parar um ataque de Taremi com falta dura, foi expulso e complicou o time. Pouco depois, já nos acréscimos, o Irã, enfim, chegou aos gols. Cheshmi, aos 49, e Rezaeian, aos 55, garantiram a vitória ao time asiático.

SUMIDO
Grande esperança do País de Gales, Gareth Bale não conseguiu salvar sua seleção da derrota. O atacante pouco conseguiu fazer durante todo o jogo e não causou perigos à defesa do Irã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui