Mais de 50 mil famílias do Acre correm risco de perder o Auxílio Brasil

0
70

A coordenadora do programa Auxílio Brasil em Rio Branco, Cíntia Martins, alertou nessa semana que dos 53.754 beneficiários do Programa do Governo Federal, aproximadamente 40 mil inscritos correm o risco de ter o benefício suspenso ou definitivamente bloqueado.

O alerta caiu como uma bomba sob as mais de 50 mil famílias do estado Acre, que veem no programa o único meio de sustentar as suas famílias, e vencerem a crise socioeconômica que assolou o país em consequência da pandemia da COVID-19.

Cíntia convoca a todos os beneficiários a atualizarem imediatamente os itens exigidos para permanecerem no programa.
“Convoco todos para fazer o acompanhamento de saúde, tendo em vista que já estamos chegando à segunda vigência e temos alcançado poucas legendas. É necessário que todos cumpram com esse quesito”, disse a coodenadora.

A exigência da atualização do cadastro com apresentação dos documentos pendentes é a forma mais eficiente de forçar os pais a cuidarem da saúde dos seus filhos, na expectativa de que assim melhore a cobertura vacinal no estado do Acre, especialmente em Rio Branco, onde o programa de vacinação ainda não atingiu meta.

A coordenadora alertou ainda que o acompanhamento de saúde é realizado de forma individual, e que o não comparecimento dos inscritos no programa para a atualização cadastral pode bloquear e até suspender o benefício. “Não queremos de forma alguma que isso venha acontecer”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui