Morre Guiherme de Pádua, assassino de Daniela, filha da novelista acreana Glória Perez

0
73

O assassinato voltou aos holofotes este ano, quando a HBO Max lançou um documentário sobre o caso. Na época, Pádua fez um vídeo se defendendo dos ataques. “Minha reação natural é de me defender, qualquer um tem direito de resposta no mundo natural, mas eu não vivo mais no mundo natural. Todos os dias quando eu acordo eu me lembro que sou o Guilherme de Pádua, que tenho essa carga nas minhas costas, e toda manhã é uma luta”, disse em vídeo publicado na ocasião.

No vídeo publicado pelo ex-ator em seu canal do YouTube, ele manda um recado para Gloria Perez e Raul Gazolla, viúvo de Daniella. “Sempre disse que o meu maior sonho era poder pedir perdão”, explicou. De acordo com de Pádua, muitas pessoas duvidavam que ele realmente tenha se arrependido de ter cometido o crime. Por conta disso, ele estava gravando o vídeo para a autora de novelas.

O ator também foi alvo de polêmica durante a campanha presidencial. Pádua já havia participado de manifestações pró-Bolsonaro a participar de um culto onde estava o presidente e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, para um culto na Igreja Batista da Lagoinha, onde trabalhava como pastor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui