SENA: Ameaças de ataque em escola com data marcada causa pânico; PM age para coibir

0
114

Após rumores e ameaças de um ataque na Escola Estadual de Ensino Médio Dom Júlio Mattioli, no dia 1º de dezembro, o comandante da Polícia Militar em Sena Madureira, tenente Fábio Diniz, se pronunciou na manhã desta terça-feira (1).

Mesmo se tratando apenas de um comentário, Diniz ressaltou que todas as providências estão sendo tomadas para esclarecer a situação e, se possível, identificar quem estar por trás da suposta ameaça.

“Acionamos a nossa inteligência para apurar, de maneira minuciosa, o autor dessa possível ameaça. Também já fizemos um comunicado ao Ministério Público e ao Poder Judiciário. Estamos levantando as informações”, destacou.

As ameaças deixaram os funcionários da escola, alunos e pais preocupados. “Queremos explicar para os pais que a gente fica bem atento pra isso. Realmente a gente identificou, em determinada sala, um comentário onde a pessoa faz algumas citações, colocando uma data para o dia 1º/12/2022. Logo após identificado por um professor, tomamos todas as medidas cabíveis, conversamos com o comandante da Polícia Militar, enviamos o comentário. Solicitamos policiamento no período da manhã, na entrada. Vamos a Delegacia registrar um procedimento e tentar descobrir quem fez isso. Não vamos deixar de ficar atento e colher as informações”, destacou Irlan Sampaio, gestor da escola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui