SENA: Criminoso que matou motorista com várias facadas é condenado a 21 anos, mas recorrerá em liberdade

0
100

Levado a julgamento nesta quinta-feira (10), no fórum desembargador Vieira Ferreira, em Sena Madureira, o nacional Paulo Junior Silva da Costa foi condenado a 21 anos de reclusão. Ele sentou-se no banco dos réus por ter assassinado Sebastião Gouveia Ferreira, 30 anos de idade, conhecido popularmente como Geovane.

De acordo com os autos do processo, o crime aconteceu no dia 28 de setembro de 2018, por volta das 15 horas, na Rua Maranhão, em frente ao comercial São Felipe. Geovane foi morto com várias facadas.

Na denúncia oferecida pelo Ministério Público do Acre (MP/AC), consta que o autor “agiu com evidente vontade de matar, por motivo fútil, meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, utilizando-se de uma faca”.

Na sentença, o juiz Fábio Farias discorreu sobre a culpabilidade do réu: “Reprovável, uma vez que o acusado praticou o crime com dolo intenso, frieza e extrema brutalidade. No ponto, chama atenção o fato de que, mesmo com a vítima já deitada ao solo, o ataque não cessou, de forma que sua ação é merecedora de elevada censura”.

Em relação às circunstâncias do crime, “foram consideradas graves, haja vista que o crime foi praticado em plena luz do dia e na presença de diversas pessoas, demonstrando maior ímpeto de impunidade, o que em nada lhe favorece”. As consequências, de acordo com a sentença, “também foram graves, uma vez que houve a perda repentina da vida de uma pessoa de apenas 30 anos de idade, trabalhador, sem qualquer envolvimento com práticas ilícitas, tendo deixado duas crianças de tenra idade órfãs”.

O juiz Fábio Farias fixou o regime inicialmente fechado para o cumprimento da pena. Entretanto, concedeu o direito de Paulo Júnior recorrer da sentença em liberdade. O homicida também foi condenado ao pagamento das custas processuais.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui