Ligue-se a nós

SENA MADUREIRA

MAIS CONTRADIÇÕES: Segundo candidatos edital de seletivo da prefeitura de Sena não deixa claro qual a pontuação “mínima”

Publicado

no

 25 Fev de 2019 do YacoNews


O YacoNews teve acesso a um documento que segundo candidatos que fizeram a prova no último Domingo é o edital publicado no Diário Oficial do Estado que descreve as regras para a realização do processo seletivo simplificado para a contratação de novos professores.

 Conforme informou uma professora que fez a prova, existe uma dúvida em qual seria mesmo o mínimo de pontuação aceita para a aprovação. “No Edital está escrito num determinando campo que a pontuação mínima seria 22,5 pontos. Já na descrição abaixo diz que será reprovado quem tirar abaixo de 27 pontos. Qual a pontuação mínima aceita mesmo?” Indaga a professora.

Um outro questionamento feito é que somente uma empresa com CNPJ deveria conduzir esse processo. O que segundo informações não aconteceu. “A banca que realizou o processo tem CNPJ? Firma Reconhecida?” Pergunta.

 A equipe que organizou todo o processo garante que houve total lisura e que nenhum candidato sairá prejudicado.

 A taxa de inscrição para participar do seletivo custou 30 reais através de um boleto retirado na prefeitura e pago no Banco do Brasil. 

1 Comentário

1 Comentário

  1. Unknown

    25 de fevereiro de 2019 no 20:43

    Kd o concurso q foi tao falado na campanha tds farinha do msm saco seletivo e pra fazerem o q.bem entender

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SENA MADUREIRA

MPAC abre processo licitatório em Sena Madureira

Publicado

no

Por

MP de Sena Madureira deve abrir processo licitatório na segunda quinzena de fevereiro. O intuito da licitação se da para a contratação de uma caminhonete para estar a serviço da instituição.

Os interessados na licitação poderão se encaminhar até a promotoria para obter mais informações e esclarecimentos que devem atender todas as exigências do instrumento convocatório, consequentemente, também da legislação vigente.

Continuar Lendo

SENA MADUREIRA

Filha de Mazinho Serafim é nomeada no Governo com salário de mais de 11 mil reais

Publicado

no

Por

O Governo do Acre, por meio da governadora em exercício, Mailza Assis, nomeou no dia 27 deste mês a filha do prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (UB), para a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre). Thamirys Ribeiro Andrade exercerá cargo em comissão do Grupo de Chefia, Assistência e Assessoramento, referência CAS-8, com salário de 11.069,10 reais.

O Governo presenteia Mazinho mesmo ele tendo “virado a casaca” na reta final da campanha para governador do ano passado.

Para refrescar a memória dos leitores: Na reta final da campanha para governador, um áudio circulou nas redes sociais em que o sub-secretário de obras pede expressamente votos para Sérgio Petecão, ferrenho adversário de Gladson. Em sua fala, o mesmo atesta categoricamente que estava seguindo uma determinação do prefeito Mazinho Serafim.

Bomba! Sub-secretário de obras diz em áudio que prefeito Mazinho está orientando apoiadores a votar em Petecão

Antes disso, Mazinho esculhambava o governador nos quatro cantos do Acre chamando-o de mentiroso, dentre outros adjetivos.

Pelo visto, sua postura não foi refutada pelo governo.

Resta saber se a filha de Mazinho cumprirá seu horário de expediente como manda a lei ou será funcionária fantasma. Cabe aos órgãos fiscalizadores averiguarem de perto essa situação.

Continuar Lendo

SENA MADUREIRA

Enfrentando sol e chuva, Pampeiros de Sena cobram construção de parada por parte da Prefeitura de Sena

Publicado

no

Por

Por Redação

Dezenas de profissionais que trabalham fazendo fretes em Sena Madureira vem enfrentando inúmeras dificuldades nesse período invernoso. É que eles não tem um local apropriado para se abrigar.

 

Os chamados Pampeiros tem um ponto nas proximidades da antiga Feira livre dos colonos. Eles estão cobrando do prefeito Mazinho Serafim (UB), uma providência nesse sentido. “Pra falar a verdade, aqui a gente enfrenta o sol e a chuva porque não temos um local adequado. É uma vergonha para um prefeito que gasta tanto com diária não ter coragem de construir um local digno para nós”, comentou um deles.

 

Na maioria das vezes, os profissionais tem se abrigar em comércios para evitar maiores complicações.

Continuar Lendo

Trending