25 junho 2024

Diretor do Into alerta para aumento de internações de pacientes jovens com sintomas graves da Covid-19 no AC

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Com números recordes de casos de Covid-19 no Acre, que apresenta uma crescente desde a segunda quinzena do mês de janeiro, o diretor do Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), Osvaldo Leal, onde funciona o maior hospital de campanha do estado, alertou para o aumento de casos e internações de jovens com a doença.

“A gente tem percebido que o agravamento dessa pandemia, nessa segunda onda, tem acometido pessoas mais jovens. E estas pessoas têm apresentado, inclusive, sintomas mais graves da doença, com quadros inflamatórios graves, inclusive, com óbitos, que a gente tem percebido no mês de janeiro e fevereiro”, disse durante entrevista à Rede Amazônica nessa quinta-feira (4).

Dados do boletim da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre) apontam que a maior proporção dos casos da Covid-19 está na faixa etária 30 a 39 anos tanto do sexo masculino como feminino.

“Uma características desses atendimentos é que um percentual cada vez maior são de atendimentos de pacientes com sintomas importantes e até com quadros graves, que mobilizam muito a equipe”, acrescentou.

Mesmo que a doença seja mais letal entre pessoas mais idosas, com maior número de óbitos em pacientes acima dos 70 anos, com mais de 700 óbitos, a faixa etária de 30 a 59 anos, tem no acumulado de quase um ano mais de 280 mortes.

Veja Mais