16 junho 2024

Em Rio Branco, idoso é morto com tiros na cabeça ao chegar na casa de conhecidos e ser confundido com invasor

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O idoso João Moreira Neto, de 64 anos, foi morto com tiros de escopeta na cabeça na noite dessa segunda-feira (9) no Ramal do Rodo, na região do bairro Amapá. De acordo com o 2º Batalhão da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, ele foi baleado depois de ser confundido como sendo um invasor à residência do autor.

Ao chegar no local, a polícia foi informada pelo dono da casa que tinha escutado dois disparos de arma de fogo. Ao fazer as buscas no quintal, os policiais encontraram o idoso caído e o óbito foi constatado pela perícia. Após mais buscas, foram localizadas munições e três armas de fogo.

O suspeito, Orlando Marciel Maceda, de 24 anos, estava no local e confessou o crime. A família dele informou à polícia que, por já ter ocorrido furtos e roubos no local, Maceda costumava ficar em um galpão vigiando a possibilidade de invasão da propriedade por criminosos.

Foi quando o idoso, que era conhecido da família, viu a situação, foi saber que o rapaz estava fazendo escondido no depósito e acabou sendo confundido com um invasor e levando os tiros. Ainda segundo a polícia, o jovem confessou o crime.

O corpo do idoso foi levado para a sede do Instituto Médico Legal (IML) para as devidas providências. O local foi isolado para o trabalho da perícia técnica. O jovem foi preso em flagrante pelo crime de homicídio e posse ilegal de arma de fogo.

A mãe do suspeito relatou à polícia que ele faz uso de remédio controlado e estava sob efeito de bebida alcoólica. O jovem e as armas apreendidas foram levados para a Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (Defla).

Por Iryá Rodrigues, G1 AC

Veja Mais