18 junho 2024

Jovem teve laudo médico do INSS negado, mesmo estando com perna amputada e outras sequelas

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
O André Luiz, 26 anos, morador da Baca da Alemanha em Cruzeiro do Sul, sentiu-se surpreso em ter seu laudo reprovado pelo médico perito do INSS, Marcelo de Melo Lima.
O jovem sofreu um acidente de moto em dezembro do ano passado, e teve amputada umas das penas, ficando impossibilitado de trabalhar, vindo até a passar alagumas necessidades, devido a condição que ficou depois do acidente.
Foi aí que resolveu procurar o INSS, tendo vista receber um pequeno benefício que ajudaria bastante no seu sustento e mantimento dentro de casa.
Uma perícia medica foi marcada para avaliação do caso no INSS em Cruzeiro do Sul.
André Luiz conta que no dia da consulta, o conhecido doutor Marcelo de Lima, só olhou pra sua cara pediu a RG, “Eu fui mostra o resto dos documentos, ele falou que já sabia, eu estava com todos documentos laudo, Raio-x, protuário médico, ele mal falou comigo”
Depois da consulta o resultado não podia ter dado outro, foi negado o benefício, apesar de serem visíveis as sequelas e consequências do acidente ainda no corpo de André.
André Luiz que agora vive sem poder trabalhar, está ainda se recuperando da cirurgia, disse que recorreu da decisão do médico e do INSS, dando entrada com pedido através da Justiça Federal, obrigando o INSS a conceder o benefício, e aguarda uma decisão da justiça.
Dona Benedita, mãe de André Luiz, conta que o filho precisa muito desse benefício. ” precisar pagar remédios, precisa do sustento de casa, e agora meu filho nessa condição o médico negou o laudo dele” disse.
Por – Jocivan Santos

Veja Mais