24 maio 2024

Mulher de deputado é dasautorizada ao tenta apresentar suposta nova diretora da OCA na marra

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A vice-prefeita de Xapuri e esposa do deputado estadual Manoel Moraes (Progressistas), Maria Auxiliadora, está sendo acusada de tentar interromper o atendimento da OCA em Xapuri para apresentar uma suposta nova diretora do órgão no município.

Os fatos teriam acontecido na última quinta-feira, 23, e causado perplexidade em servidores e pessoas que estavam sendo atendidas no local. O primeiro fato ocorrido e denunciado é que a vice-prefeita, acompanhada da pessoa que supostamente vai assumir a OCA e outros assessores, tentou, mesmo com o local lotado, realizar uma reunião para apresentar a nova chefe.

Ocorre que a interrupção do atendimento para reunião é proibida pelo decreto 3357 que regulamenta o funcionamento das OCAs existentes no Acre.

O outro fato que chamou a atenção é que a suposta nova chefe não foi oficializada pelo governo do estado. O que se sabe até o momento é que a pessoa que Maria Auxiliadora tentou apresentar como nova diretora, foi apenas nomeada em um cargo comissionado na Secretaria de Administração, mas que não tem, até agora, nenhuma portaria a colocando como gestora da OCA em Xapuri, já que, caso seja efetivada no cargo, precisa passar por um treinamento para conseguir gerenciar a central em Xapuri.

Mais uma “estranheza” praticada pela vice-prefeita é a de que a apresentação de uma gestora de um órgão estadual não é competência do município, mas de um representante do governo do estado.

A denúncia, feita de forma anônima, por medo de represália, conta ainda que com a tentativa de apresentação da nova chefe pela vice-prefeita, a coordenação geral da OCA no estado foi consultada e teria desautorizado a tentativa de reunião feita por Maria Auxiliadora.

A reportagem do ac24horas recebeu a confirmação de fontes seguras de dentro da administração da OCA estadual de que a vice-prefeita xapuriense foi desautorizada a conduzir a reunião e que o caso foi comunicado ao secretário estadual de administração, Paulo Roberto Correia.

Acredita-se que a iniciativa da vice-prefeita em apresentar uma nova diretora da OCA no município, mesmo sendo uma competência do governo, seja motivada pela disputa política em Xapuri. A suposta nova gestora da Central de Atendimento, identificada como Mary Gondim é ligada politicamente à Maria e ao seu esposo, o deputado Manoel Moraes. Já a atual gestora, que ainda permanece à frente da OCA neste início de segundo mandato de Gladson Cameli é Vera Mendonça, sobrinha do ex-deputado Antônio Pedro (União Brasil) que não conseguiu a reeleição nas eleições de outubro do ano passado.

A reportagem tentou falar com a vice-prefeita, por meio de seus números de contato e assessores, mas não obteve resposta. O espaço segue aberto, caso haja interesse em se manifestar.

 

Via ac24horas

Veja Mais