17 maio 2024

Assassino em série condenado a mais de 100 anos de prisão foge de presídio no Acre junto com outros criminosos

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

No último sábado (25), o assassino em série Ivan de Souza Silva, também conhecido como “Asfarc”, fugiu do Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde, localizado em Rio Branco. Ele havia sido condenado em diferentes processos por homicídio e sentenciado a mais de 100 anos de prisão pelo assassinato de Fernando Nascimento da Silva e Cristina Reis de Souza, além de ser condenado por outros três assassinatos.

Além de “Asfarc”, outros cinco criminosos também conseguiram fugir do presídio, porém, três deles foram capturados durante a fuga. As circunstâncias da fuga ainda não foram informadas pelo Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen).

Entre os fugitivos, além de “Asfarc”, está Dênio Davyd Vieira Gomes, que foi condenado a 46 anos de prisão por latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Dênio é acusado de ter matado Agnélio Massiano, um colono de 34 anos, durante um arrastão na Estrada Transacreana, em março de 2019.

Até o momento, apenas “Asfarc” e Dênio permanecem foragidos, tendo fugido para uma área de mata e ainda não foram encontrados. As autoridades locais continuam em busca dos criminosos para que eles possam ser recapturados e colocados novamente atrás das grades.

Veja Mais