25 maio 2024

Cheia do Rio Acre causa prejuízos de R$ 50 milhões a agricultores na zona rural de Rio Branco

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O estado do Acre, na região norte do Brasil, está enfrentando uma grave enchente provocada pelo Rio Acre e seus afluentes, como o Riozinho do Rola. A situação está afetando principalmente os agricultores da região, que estão amargando prejuízos com a perda de plantações de arroz, milho, macaxeira, banana e outros produtos.

Na região do “cinturão verde”, onde se concentra a zona rural de Rio Branco, muitos agricultores estão sofrendo com o alagamento e a destruição de seus roçados. No Projeto de Assentamento Moreno Maia, localizado no 2º Distrito da capital, o ramal Três Palhetas está completamente debaixo d’água, causando a destruição das plantações e deixando as famílias sem renda.

Segundo o produtor rural Custódio Belo, de 67 anos de idade, a situação aconteceu muito rápido e não deu tempo de salvar quase nada. Ele perdeu toda sua plantação de arroz, macaxeira e banana e não sabe o que fazer. Muitas outras famílias estão passando pela mesma situação na região.

Para ajudar as famílias afetadas, o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Agropecuária (Seagro), Emerson Leão, garantiu toda ajuda necessária, incluindo a distribuição de sacolão, água mineral e material de limpeza. Cerca de mil famílias que moram na zona rural devem receber ajuda, incluindo pequenos produtores e ribeirinhos.

No entanto, o gestor ressaltou que a única fonte de renda dessas famílias é a produção dos roçados e que, para plantar novamente e se manter até a próxima colheita, elas vão precisar de dinheiro. A Secretaria de Agricultura acredita que a prefeitura vai conseguir, junto à Defesa Civil Nacional, recursos e até empréstimos para que os produtores possam recomeçar na terra. Segundo Leão, esse pode ser um dos maiores prejuízos que a área rural de Rio Branco já sofreu em toda sua história, com perdas estimadas em R$ 50 milhões e quase 70% das plantações afetadas.

O vereador Francisco Piaba, que também é produtor, destacou a importância de uma ação emergencial por parte do poder público para ajudar as famílias afetadas. Ele ressaltou que essa é uma das áreas mais produtivas de Rio Branco e que muitos produtores estão sofrendo com a cheia. Piaba pediu ajuda desde alimentação até produtos de higiene e limpeza e enfatizou que muitas famílias vivem em áreas mais isoladas e estão pedindo socorro. Ele afirmou que é necessário fazer algo por eles, pois a maioria dos alimentos que consumimos vem dessas plantações.

A enchente no Acre é uma situação preocupante e que afeta diretamente a vida e o sustento de muitas famílias. É importante que as autoridades tomem medidas para ajudar os agricultores e minimizar os prejuízos causados pela enchente.

Veja Mais