17 maio 2024

Comerciantes de peixes no Acre se preparam para aumento de preço na Semana Santa devido à baixa produção local

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Com a proximidade da Semana Santa, os comerciantes do Mercado Municipal Elias Mansour, localizado no centro da capital acreana, já se preparam para aumentar o preço do quilo do peixe, uma das principais iguarias consumidas durante a data religiosa. Entre as espécies mais procuradas pelos clientes, estão o Tambaqui, com custo médio de R$ 25 o quilo, e os peixes de couro, como o Dourado e o Filhote, que são comercializados de R$ 30 a R$ 35.

Segundo os comerciantes, a elevação no preço do pescado não ocorre somente devido ao feriado religioso, mas também pela baixa produção local. Como resultado, o produto vem de outros estados, como Rondônia, o que aumenta o custo para quem compra para revender.

Vale lembrar que comer peixe na Semana Santa faz parte da tradição e da devoção cristã. O costume é ligado a uma forma de praticar o jejum e a abstinência, práticas indicadas pela Igreja como devoção típica do tempo da Quaresma, juntamente com a caridade e a esmola.

Veja Mais