17 maio 2024

Criança de três anos é resgatada pela polícia após denúncia de agressão pelo próprio pai

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Criança é resgatada no Ramal Transacreana após denúncias de que estaria sendo vítima de agressão do pai — Foto: Polícia Civi

No sábado (25), agentes da Polícia Civil resgataram uma criança de três anos no Ramal Transacreana após receberem denúncias de que ele estaria sendo vítima de agressão pelo próprio pai. A mãe e a criança estavam em situação de risco, já que o suspeito é acusado de maus-tratos contra ambos.

De acordo com a mãe, ela foi agredida pelo marido e fugiu para escapar de uma possível morte, mas não conseguiu levar o filho consigo, pois foi impedida pelo companheiro.

Os agentes da Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente Vítima (Decav) e Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) tiveram que percorrer 45 km de estrada e mais 12 km de ramal. Durante o percurso, um dos veículos atolou e somente o outro carro conseguiu seguir viagem.

Ao chegar no final do ramal, os policiais receberam a ajuda de um ribeirinho para atravessar para um porto, e então caminharam mais 10 km pela mata. Esse trecho a pé durou em média 3 horas até chegarem à propriedade onde a criança estava.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), mas como envolvia um menor, a Decav também foi acionada. O ato foi caracterizado como maus-tratos praticado contra a criança, já que a mãe relatou que o pai forçava a criança a ingerir bebida alcoólica mesmo estando enferma.

Ao chegarem no local, o menino foi encontrado na companhia de outro parente, mas o pai fugiu. Agora, a criança está com a mãe e a avó.

Veja Mais