25 maio 2024

Mulher é encontrada viva dentro de túmulo em cemitério após ser enterrada por agressores

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Foto: Divulgação / PMMG

Uma mulher de 36 anos foi resgatada com vida de dentro de um túmulo no cemitério municipal de Visconde do Rio Branco, em Minas Gerais, na manhã desta terça-feira (28). Segundo informações da Polícia Militar (PM), um coveiro encontrou o túmulo fechado com tijolos, cimento fresco e sinais de sangue, e chamou as autoridades.

Assim que os policiais chegaram, escutaram pedidos de socorro que vinham do interior do túmulo. A mulher foi retirada do local com ferimentos na cabeça e encaminhada ao hospital, onde foi internada.

De acordo com a vítima, homens encapuzados invadiram sua casa e, depois de agredirem ela e seu namorado, a enterraram viva no cemitério. Ela ainda relata que se lembra de poucos detalhes e que quando percebeu, já estava dentro do túmulo, sem se recordar do momento em que foi colocada lá.

A Polícia Militar de Minas Gerais disse que já identificou alguns suspeitos e que está investigando o caso. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. A mulher continua internada no hospital, em estado estável.

O caso chocou a população da cidade e chamou a atenção da mídia nacional. Moradores locais se reuniram em frente ao cemitério para pedir justiça e mais segurança. A prefeitura de Visconde do Rio Branco emitiu uma nota de repúdio e solidariedade à vítima, se comprometendo a colaborar com as investigações e a tomar medidas para garantir a segurança da população.

A história da mulher que foi encontrada viva dentro de um túmulo em Minas Gerais é mais um exemplo dos casos de violência e impunidade que assolam o país. É preciso que as autoridades se empenhem em esclarecer o caso e punir os responsáveis, garantindo a justiça e a segurança da população.

Veja Mais