22 maio 2024

Polícia Civil prende padrasto condenado a 18 anos de cadeia por abusar de enteada em Brasiléia

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Imagem ilustrativa/internet

Agentes da Polícia Civil do município de Brasiléia, cumpriram na manhã desta segunda-feira, dia 6, um mandado de prisão nº 003.2022/000.102-6, em desfavor de Antônio Felix do Santos, que foi condenado pela Justiça do Acre, a cumprir 18 anos de reclusão no presídio estadual Francisco de Oliveira Conde, na Capital.

Antônio foi condenado no mês de janeiro de 2022, pelo crime de ter abusado sexualmente de sua enteada, na época estaria com 12 anos de idade. Ao descobrirem do caso em 2020, a criança foi encaminhada para o Instituto Médico Legal – IML, para realizar os exames de conjunção carnal, onde foi comprovado os vestígios da prática libidinosa.

Também foi comprovado que os abusos teriam começado no ano de 2019, o que iniciou uma série de desconfiança por parte dos pais biológicos e familiares. A denuncia feita às autoridades levou o caso à justiça, onde puderam comprovar o crime praticado contra a criança.

A sentença foi definida pela Comarca de Brasiléia, onde o magistrado definiu pela condenação de 18 anos em regime fechado, além de uma pequena indenização de 5 mil reais. Mas, somente nesta segunda-feira, dia 6, Antônio Felix foi preso por ordem judicial, podendo ser transferido para a Capital a qualquer momento.

Por O Alto Acre

Veja Mais