17 maio 2024

Polícia Militar prende Elektra, mulher mais perigosa do PCC

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Foto: Reprodução/PCDF

Considerada uma das mais perigosas lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC), Suliane Abitabile Arantes, de 34 anos, mais conhecida como Elektra, foi presa pela Polícia Militar nesta sexta-feira (3), na Zona Leste de São Paulo.

O mandado de prisão contra Elektra havia sido expedido pela Vara de Execuções Penais da Justiça do Distrito Federal em 27 de fevereiro.

De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal, ela é apontada como a responsável pelo cadastro dos integrantes do PCC batizados no centro-oeste do Brasil e nos exterior. Elektra é acuada de posse ilegal de arma e associação à organização criminosa. A mulher também recebia os apelidos dos “intocável”, “assombrada”, “Mariane” e “Kitana’.

Elektra, que ocupa o alto escalão da facção, também ja foi apontada pela polícia como “Marcola de saia”, apelido dado em referência a Marcos Willians Herbas Camacho, líder do PCC.

Após ter sido detida, a suspeita foi encaminhada à delegacia e, logo em seguida, levada para audiência de custódia. Suliane deu entrada no sistema prisional paulista.

 

Via Rede TV

Veja Mais