24 maio 2024

Presidiário é condenado pelo assassinato de uma adolescente de 15 anos em Tarauacá

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Na noite de quinta-feira, 30, o presidiário José Martandes da Silva Marinho foi condenado pelo assassinato da adolescente Táina de Oliveira Silva de 15 anos, em um julgamento realizado pelo Conselho de Sentença da Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Tarauacá. A sessão, que teve início na manhã de quarta-feira, 29, resultou na condenação de José Martandes a 24 anos de prisão.

O réu Willas França Farrapo, conhecido como Caboco, foi absolvido. A defesa do réu argumentou que as provas eram fracas e que houve falhas na investigação. Táina de Oliveira Silva foi assassinada na noite de 2 de setembro de 2018, na rua 31 de março, região central do município de Tarauacá.

José Martandes, que mantinha um relacionamento amoroso com a vítima, não poderá recorrer da decisão em liberdade.

Veja Mais