24 maio 2024

Sargento acusado de assassinar garoto de 13 anos tem nova data de audiência e julgamento

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O sargento Erisson Nery, acusado de assassinar o garoto Fernando de Jesus, de 13 anos, em 2017, irá a julgamento no próximo dia 30 de agosto, às 10 horas, na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco. A audiência de instrução e julgamento havia sido suspensa em agosto do ano passado devido à ausência de duas testemunhas.

Na etapa da ação penal, a justiça decidirá se Nery será ou não pronunciado, ou seja, se será ou não submetido ao júri popular. De acordo com a denúncia do Ministério Público, Nery e um colega de farda, Ítalo de Souza Cordeiro, lavaram o corpo da vítima e os arredores do local, alterando a cena do crime. Além disso, colocaram uma pistola na mão direita do cadáver para sustentar a alegação de legítima defesa.

O colega de farda de Nery, Ítalo de Souza Cordeiro, teria a suspensão condicional do processo proposta, segundo parecer do Ministério Público. Cordeiro não responde pelo homicídio, mas por crime de fraude processual.

O advogado de defesa de Nery afirmou que o sargento agiu em legítima defesa. Nery também é acusado de tentativa de homicídio contra um estudante de medicina em 2021 e já foi pronunciado para julgamento nesse caso.

Nery foi recentemente expulso da Polícia Militar do Acre (PMAC) e aguarda o julgamento dos casos em questão.

 

Veja Mais