13 abril 2024

Motociclista que teve perna amputada após acidente recebe alta

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O motociclista Renan Felipe Bezerra da Silva, cuja perna esquerda foi amputada após um acidente com um carro na Rua Rio de Janeiro, alcançou um marco significativo em sua jornada de recuperação. Após passar quase um mês sob cuidados médicos no Pronto-Socorro de Rio Branco, ele teve alta na segunda-feira, 28. Familiares e amigos, que haviam estado ansiosos por sua recuperação, o receberam calorosamente.

Renan expressou sua gratidão pela recepção calorosa e surpresa preparada por sua família: “Minha família me surpreendeu com uma recepção calorosa em casa, com direito a bolo. Sinto-me muito abençoado e grato a Deus por estar de volta”, compartilhou ele. Sua jornada hospitalar incluiu 18 dias de cuidados intensivos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), antes de ser transferido para a enfermaria no dia 19 de agosto. Sua progressão foi notável e culminou em sua alta no dia 28.

Conforme as informações divulgadas, Renan está programado para uma consulta médica de acompanhamento no próximo dia 8, durante a qual passará por exames médicos. Há uma expectativa de que os profissionais de saúde possam recomendar um novo procedimento cirúrgico em seu braço, a ser realizado posteriormente. Esta etapa é parte integrante de seu processo de recuperação e busca restaurar sua saúde e mobilidade.

A história de Renan é uma prova inspiradora de determinação e perseverança diante das adversidades. Seu círculo de apoio, incluindo familiares e amigos, desempenhou um papel fundamental em seu caminho de recuperação. A comunidade está ansiosa para acompanhá-lo em sua jornada contínua de superação e restauração da saúde.

Veja Mais