29 fevereiro 2024

Criança de dois anos morre com suspeita de febre amarela em Cruzeiro do Sul

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Uma criança de apenas dois anos faleceu na última quinta-feira (14) no Hospital do Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul, onde estava internada com suspeita de febre amarela.

Segundo o médico Rondinei Brito, a criança deu entrada na unidade em um estado extremamente grave, com níveis de enzimas hepáticas muito acima do normal. A morte foi atribuída a uma encefalopatia hepática grave, decorrente de um quadro de insuficiência hepática fulminante. O resultado do exame será encaminhado ao Laboratório Evandro Chagas, em Belém do Pará, para análise, com previsão de conclusão em 20 a 30 dias, conforme informou o médico.

Os últimos casos de febre amarela notificados no Brasil ocorreram nos estados do Acre, Pará e Santa Catarina em julho de 2020, assim como houve casos recentes no Peru e na Bolívia. “O sangue do paciente está reservado para que possamos conduzir uma investigação e, se necessário, realizar um estudo genético para esclarecer o diagnóstico e determinar a causa da morte da criança”, explicou Rondinei.

A criança residia em uma comunidade ribeirinha no município de Guajará-Amazonas, onde consumia água do rio, em uma região de mata fechada e sem histórico de vacinação.

Veja Mais