21 fevereiro 2024

Granada caseira atirada em ônibus durante arrastão deixa 3 feridos na Zona Norte; um deles fica em estado grave

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Um homem ficou gravemente ferido na explosão de uma granada caseira em um ônibus na Avenida Brasil, altura de Barros Filho, na Zona Norte do Rio de Janeiro, por volta das 21h30 desta quarta-feira (27). Outras duas pessoas foram atingidas.

Moradores relatam que o ataque ao ônibus foi coordenado por criminosos da comunidade Gogó do Chapadão na intenção de culpar traficantes do Complexo da Pedreira. Os dois grupos disputam o controle do tráfico de drogas há cerca de uma semana. O objetivo da ação seria provocar uma distração e direcionar os esforços da polícia para aquela área.

Como foi o ataque

Testemunhas relataram que pelo menos 5 criminosos encapuzados e armados tinham colocado pneus na via expressa a fim de fazer um arrastão. Os ladrões já haviam atacado diversos veículos quando renderam o motorista do coletivo, da linha 771 (Campo Grande-Coelho Neto, via Estrada da Posse).

Os criminosos roubaram pertences dos passageiros e, na fuga, atiraram o artefato, que detonou.

O ferido em estado grave foi socorrido por bombeiros dos quartéis de Guadalupe e Irajá para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo. Os demais, um homem e uma mulher, tiveram ferimentos moderados e também foram para o Albert Schweitzer.

Com informações g1

Veja Mais