21 fevereiro 2024

Mulher em situação de rua e dependente química dá à luz em terreno baldio em Rio Branco

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Equipe do Samu atendeu mulher em terreno baldio na noite dessa quarta-feira (20) — Foto: Arquivo pessoal

Na noite da última quarta-feira (20), Francisca Gomes deu à luz em um terreno baldio nas proximidades do Hospital da Criança, no bairro Bosque, em Rio Branco. A história dessa mulher, que vive em situação de rua e é dependente química, é marcada por desafios, pois essa era a 13ª gravidez que enfrentava.

Equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros foram chamadas para prestar assistência a Francisca durante o parto e ajudá-la a deixar o terreno baldio, que apresentava difícil acesso.

O bebê, devido à prematuridade, foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Maternidade Bárbara Heliodora. No entanto, de acordo com informações da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Rio Branco, Francisca fugiu da maternidade na noite da terça-feira, retornou pela manhã na quinta-feira e fugiu novamente. As equipes de Abordagem Social estão em busca da mulher para oferecer-lhe ajuda.

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Rila Freze, lamentou a resistência de Francisca em aceitar assistência. Ela explicou que alguns dos filhos de Francisca não sobreviveram após o nascimento, enquanto outros foram criados por familiares. A situação de Francisca é complexa, pois ela oscila entre viver na rua e retornar para casa.

A assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros relatou que a mulher estava localizada atrás do muro do terreno, sem portão de entrada. A equipe precisou usar uma maca para retirá-la, passando-a por cima do muro. A situação de Francisca Gomes reflete os desafios enfrentados pelas pessoas em situação de vulnerabilidade social e destaca a importância da assistência e do apoio à população em necessidade.

Veja Mais