21 fevereiro 2024

Pacientes do Acre recebem fígados de doadores de Palmas e Goiânia

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Duas pessoas foram salvas da fila de transplante em Rio Branco entre sábado e domingo, graças à ajuda das equipes da Força Aérea Brasileira (FAB) e da Fundação Hospitalar do Acre. Os pacientes, que sofriam de cirrose hepática pelo vírus da hepatite B e Delta (CH VHB), receberam dois fígados provenientes de doadores de Palmas, Tocantins, e de Goiânia, Goiás.

O primeiro transplante foi feito em um homem de 41 anos, que estava em tratamento na capital acreana há seis meses, enquanto o segundo salvou um homem de 35 anos residente em Porto Velho, Rondônia, em estado grave há um mês. Já este ano, as equipes da Fundhacre já fizeram 14 transplantes de fígado.

Veja Mais