21 fevereiro 2024

ANA declara situação crítica de escassez hídrica no rio Madeira e alerta para risco de abastecimento

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

 

Nesta terça-feira (10), a Agência Nacional de Águas (ANA) declarou situação crítica de escassez quantitativa dos recursos hídricos no rio Madeira até 30 de novembro, podendo haver prorrogação do prazo.

A decisão se baseia na severidade da crise hidrológica de seca na Região Norte do país, especialmente na Bacia do Rio Madeira, reconhecida pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico. Essa situação representa um risco significativo para o atendimento aos estados do Acre e Rondônia.

A ANA ressalta que os níveis d’água nas três principais estações fluviométricas da agência no rio Madeira estão abaixo da cota com 95% de permanência. Em Porto Velho, a situação é ainda mais crítica, estando abaixo da cota mínima registrada nos últimos 56 anos de medições históricas.

Diante desse cenário, a ANA manterá uma monitorização contínua da situação hidrometeorológica da bacia, visando identificar impactos nos usos da água e propor medidas de prevenção e mitigação. Essas ações serão coordenadas pelo Grupo Técnico de Acompanhamento do Plano de Contingência para Enfrentamento dos Impactos Esperados do Fenômeno El Niño sobre os Recursos Hídricos na bacia do rio Amazonas, com a participação dos órgãos gestores dos recursos hídricos dos Estados afetados.

informações segundo o AC24Horas.

Veja Mais