20 julho 2024

Em dez dias, Instituto de Identificação atendeu mais de 1,2 mil pessoas no Vale do Juruá

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Com o objetivo de levar cidadania a todas as localidades e povos do Acre, o Instituto de Identificação Raimundo Hermínio de Melo, órgão ligado à Polícia Civil do Acre, esteve entre os dias 20 e 29 de setembro na região do Vale do Juruá, onde atendeu 1.299 pessoas.

Junto com o Projeto Cidadão do Tribunal de Justiça do Acre, o Instituto atendeu 335 pessoas na Aldeia Puyanawa. Na Escola Padre Edson, também em Mâncio Lima, foram atendidas 236 pessoas.

Ato contínuo, o órgão atendeu em Cruzeiro do Sul, com emissão de 250 carteiras de identidade na Vila Santa Luzia e 478 na zona urbana do município.

Em aproximadamente 30 dias, os documentos de identidade ficarão prontos para entrega. Foto: Ascom/PCAC

“Uma importante parceria entre o Instituto de Identificação da Polícia Civil e o Tribunal de Justiça está proporcionando a confecção da identidade nacional para diversas comunidades”, informou o diretor do Instituto de Identificação, Júnior César da Silva.

Comunidades da Aldeia Puyanawa, de Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul receberam a ação do Tribunal de Justiça em parceria com a Polícia Civil. Foto: Ascom/PCAC

O diretor ressalta que esse serviço é fundamental para garantir que todos os cidadãos tenham acesso aos seus direitos civis e sociais, permitindo que possam exercer plenamente a cidadania. “Essa iniciativa demonstra o compromisso da direção-geral, na pessoa do chefe da PCAC, Henrique Maciel, em levar serviços essenciais às áreas mais remotas e garantir que todos tenham a oportunidade de obter seus documentos de identificação de forma acessível e conveniente.

Por Agencia Acre

Veja Mais