21 julho 2024

Enfermeira é agredida por mãe de paciente em hospital de Ariquemes, RO

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

Uma enfermeira do Hospital Municipal de Ariquemes (RO) denunciou ter sido agredida na última quinta-feira (12). A profissional sofreu cortes abaixo do olho e nos lábios, além de diversos arranhões no pescoço e colo.

A agressora foi identificada como a mãe de uma criança que buscava atendimento alegando que o filho havia sido picado por uma abelha.

A Secretaria Municipal de Saúde de Ariquemes confirmou o incidente e emitiu uma nota de repúdio. Segundo a secretaria, a Polícia Militar foi acionada e a vítima registrou um boletim de ocorrência.

A enfermeira publicou um vídeo nas redes sociais narrando o ocorrido. Ela relatou que foi agredida porque a mãe da criança ficou revoltada com as instruções sobre o atendimento.

“Aparentemente, o menino estava tranquilo, e eu expliquei: ‘Olha, a senhora já fez a ficha? Porque eu preciso pôr no sistema para a doutora te atender’. Ela [disse]: ‘não, eu não vou fazer ficha, você vai medicar meu filho agora’”, contou a enfermeira.

De acordo com a profissional, ela continuou tentando explicar que a mulher precisava fazer a ficha do filho para prosseguir o atendimento, mas não foi ouvida. Os primeiros sinais de agressão foram chutes na cadeira onde a enfermeira estava sentada.

“Eu falei que ia ter que chamar a polícia por conta disso, que ela estava me desacatando também como uma funcionária pública, e aí ela falou assim: ‘eu não te agredi, mas eu vou te agredir’”, relembrou.

A enfermeira relatou que depois disso foi atacada com empurrões, socos e arranhões, até que um colega de trabalho conseguiu separá-las.

“Essa mulher, se ela tivesse com uma arma, com uma faca, ela teria me matado com a ira que ela estava. A sorte foi que um colega meu de trabalho que veio e conseguiu tirá-la de cima de mim, senão ela ia me machucar muito mais”, comentou.

Nota de repúdio abaixo:

A prefeitura de Ariquemes, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU), manifestou repúdio contra o ato de violência e expressou solidariedade irrestrita à profissional que foi agredida. A nota diz ainda que está prestando apoio e suporte para que atos como este, não se repitam ou passem impunes.

A câmara de vereadores de Ariquemes também emitiu nota e repudiou veementemente o ato de violência contra a enfermeira. Segundo a nota, tal agressão é inaceitável e não deve ser tolerada em nossa sociedade.

A camara municipal informou ainda que solicitará as autoridades e a secretaria de saúde, medidas enérgicas para garantir a segurança e a integridade dos servidores, além da responsabilização da agressora.

Termina a nota se solidarizando com a enfermeira agredida.

Veja Mais