13 abril 2024

Gladson Cameli busca ajuda Federal para crise no Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O governador do Acre, Gladson Cameli (PP), anunciou nesta quarta-feira, 11 de outubro, que solicitou reforços ao governo federal, liderado por Lula (PT), para enfrentar a grave crise hídrica e alimentar que afeta as famílias acreanas devido à seca.

Uma das principais demandas é a ampliação no número de caminhões-pipa para abastecer as áreas afetadas pela estiagem, bem como a solicitação de doações de água mineral e cestas básicas.

Cameli ressaltou a gravidade da situação, indicando que o estado enfrenta um dos períodos de seca mais severos dos últimos anos. O governo declarou situação de emergência para tomar medidas eficazes diante dessa crise.

Além disso, o governador fez um apelo à população para que evite o desperdício de água, considerando a escassez de chuvas que afeta os rios acreanos. Essa situação vai além do aspecto ambiental, impactando a saúde pública, com hospitais enfrentando uma alta demanda de pacientes com problemas respiratórios devido à baixa umidade do ar e às fumaças das queimadas.

A crise se estende ao interior, onde a mortandade de peixes contamina os mananciais. Com os níveis de água baixos, os mananciais estão concentrando dejetos em níveis perigosos. Indígenas que dependem dessas fontes de água já enfrentam problemas de saúde, incluindo desidratação e infecções.

Veja Mais