28 maio 2024

Iapen fortalece saúde, fornecimento de alimentos e faz reformas no Complexo Penitenciário de Rio Branco

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O Instituto Penitenciário do Acre (Iapen) tem intensificado esforços em busca por melhorias no Complexo Penitenciário de Rio Branco. Uma das principais iniciativas tem sido o diálogo constante com representantes de familiares de presos, visando atender às suas demandas.

Entre as reivindicações apresentadas destaca-se o cumprimento integral do contrato firmado com a empresa de fornecimento de alimentos. O acordo prevê a disponibilização de refeições com, pelo menos, 150g de proteína para os detentos. O Iapen, em sua postura fiscalizadora, já notificou a empresa contratada para assegurar o estrito cumprimento das cláusulas contratuais.

Corredor de presídio em Rio Branco. Foto: Ascom/Iapen

Outra questão de grande importância abordada pelos familiares é a prestação de serviços de saúde aos detentos. O Iapen esclarece que os reeducandos continuam recebendo atendimento médico dentro das unidades prisionais. Quando necessário, encaminhamentos para atendimento externo são realizados, garantindo a assistência adequada.

Em busca de aprimorar ainda mais o atendimento de saúde aos apenados, uma reunião foi realizada entre o Iapen e a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do setor de Regulação, responsável pelos agendamentos de consultas, exames e cirurgias no estado. O encontro teve como objetivo alinhar procedimentos para proporcionar um serviço de qualidade à população carcerária, que tem prioridade nas demandas de saúde.

Representantes do Iapen e da Sesacre reunidos para tratar sobre a saúde prisional. Foto: cedida

Outra solicitação feita pelos familiares dos detentos refere-se à alteração do dia de visitação para os fins de semana. Sobre essa proposta, Tiênio Costa, Diretor Operacional do Iapen, destaca a complexidade da questão. Ele enfatiza que a segurança de detentos, policiais penais e familiares é prioridade e qualquer modificação no calendário de visitas deve ser cuidadosamente avaliada para preservar o bom funcionamento do sistema atual.

Presídio Antônio Amaro Alves segue em reforma. Foto Ascom/Iapen

Além disso, o Iapen tem se dedicado a um amplo projeto de reforma no Presídio Antônio Amaro Alves, unidade onde ocorreu a rebelião em julho deste ano. Dos sete pavilhões danificados, três já foram reformados, e os trabalhos continuam.

O presidente do Iapen, Alexandre Nascimento, ressalta o compromisso da instituição em trabalhar incessantemente em busca de soluções que atendam às necessidades do sistema prisional e da comunidade em geral. “O Iapen permanece empenhado em promover melhorias significativas no Complexo Penitenciário de Rio Branco e garantir que seus compromissos com a segurança e a qualidade de vida dos reeducandos sejam devidamente cumpridos”, ressalta.

Por Agencia Acre

Veja Mais