13 abril 2024

Indígena de 20 anos é brutalmente assassinado em Assis Brasil, Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Na tarde da última quarta-feira (11), um trágico homicídio chocou a comunidade em Assis Brasil, localizado a cerca de 340 km da capital acreana. Elizeu Avelino Jaminawá, indígena de 20 anos, foi brutalmente assassinado.

O terrível evento ocorreu quando Elizeu estava deixando a aldeia indígena na região, acompanhado de sua esposa, em um barco. Durante o percurso, outro indígena solicitou carona. Elizeu, movido pela solidariedade, concordou em levá-lo até Assis Brasil, no entanto, ele não sabia que essa carona teria um desfecho fatal.

Conforme relato da esposa da vítima, no decorrer da viagem, ambos começaram a ingerir bebidas alcoólicas, e em determinado momento, uma discussão entre os dois se iniciou. O caroneiro, cuja identidade ainda não foi revelada, sacou um terçado e desferiu um golpe violento no rosto de Elizeu. O golpe foi tão grave que Elizeu não resistiu e faleceu em sua embarcação logo após o ataque. O suspeito fugiu, pulando no rio e desaparecendo pelas margens.

Em meio à angústia e desespero, a esposa de Elizeu conseguiu chegar às margens do rio e buscar ajuda. Uma equipe da Polícia Civil esteve no local, acionando os profissionais do IML de Brasiléia para a remoção do corpo até a capital acreana.

O corpo de Elizeu foi encaminhado ao IML, chegando por volta das 06h50 da manhã desta quinta-feira (12). A esposa da vítima foi até a sede do IML de Rio Branco, acompanhada da equipe da SESAI, para providenciar a liberação do corpo e seu traslado de volta a Assis Brasil.

A polícia do município já deu início às investigações para capturar o acusado e esclarecer os motivos que levaram a esse trágico homicídio. A comunidade está consternada e em busca de justiça para o jovem Elizeu.

Veja Mais