17 maio 2024

Mulher mata ex-marido após ele matar a própria filha depois de brutal agressão

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Na manhã desta segunda-feira (9), uma tragédia chocou a comunidade de Nova Dimensão, zona rural do município de Nova Mamoré, na região de fronteira. Uma mulher, cuja identidade não foi divulgada pela polícia, foi forçada a agir em legítima defesa, resultando na morte de seu ex-marido, Adilson Dias do Nascimento, após ele ter espancado gravemente sua filha de dois anos, a ex-sogra e o ex-cunhado.

Segundo relatos da polícia e testemunhas oculares, o crime ocorreu por volta das 6h30, quando o agressor chegou à casa da ex-sogra, exigindo ver a filha e ameaçando levá-la embora, afirmando que a mãe nunca mais a veria. Neste momento, Adilson Dias do Nascimento demonstrou uma violência extrema ao jogar a criança com força no chão e arrastá-la. A avó da criança tentou intervir para proteger a neta, mas acabou sendo agredida com pauladas, resultando em seu desmaio. O ex-cunhado também tentou ajudar, mas também foi alvo da brutalidade do agressor.

Diante da situação crítica, a mãe da criança tomou uma atitude desesperada em defesa de sua filha e familiares. Ela conseguiu acessar uma arma de fogo e atirou em Adilson Dias do Nascimento, que acabou falecendo no meio da rua.

Após o incidente, a criança e os familiares feridos foram socorridos às pressas e levados para uma unidade de saúde. Apesar dos esforços dos profissionais de saúde, a menina de dois anos não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

A mulher responsável pelo disparo fatal foi levada para a Delegacia de Polícia de Nova Mamoré, onde prestou depoimento sobre os eventos que levaram à tragédia. Após uma análise preliminar das circunstâncias, as autoridades decidiram liberá-la, alegando que sua ação foi uma medida de legítima defesa diante da ameaça iminente à vida de sua filha e familiares.

A comunidade local está chocada com a atrcidade e as autoridades continuarão investigando o caso para esclarecer todos os detalhes e determinar se haverá medidas legais adicionais. A tragédia destaca a importância de abordar a questão da violência doméstica e a necessidade de fornecer apoio às vítimas para evitar situações tão trágicas quanto essa.

 

Com informações do Rondoniagora

Veja Mais