17 maio 2024

Policiais penais recebem capacitação para uso de armamento

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), por meio da Escola Penitenciária do Estado do Acre e direção da Unidade Penitenciária (Upen) realiza, em Sena Madureira, o curso de habilitação para manuseio e manutenção da pistola beretta APX.40. O curso tem o objetivo de habilitar os policiais penais para o uso seguro da nova arma. As pistolas serão entregues em substituição às que os policiais penais, que têm porte de arma, usam atualmente. O novo armamento é considerado de melhor qualidade e mais apropriado aos profissionais.

Policiais penais de Sena Madureira durante capacitação para uso de armamento. Foto: Cedida

O curso conta com as disciplinas de legislação aplicada ao uso de arma de fogo, ética e conduta policial, montagem, desmontagem, manutenção e treinamento operacional com prática de tiro. A Escola do Servidor organizou o cronograma da primeira edição de execução dessa habilitação em 47 turmas, iniciando por Sena Madureira. O curso iniciou na segunda-feira, 9, e encerra dia 15, com a cautela das armas aos policiais que concluírem a habilitação. A capacitação será levada para a capital e demais municípios do estado.

A chefe de divisão da Escola do Servidor Penitenciário, Helena Guedes, explica sobre o cronograma do curso:. “Teremos 4 turmas em Tarauacá e 5 turmas em CZS [Cruzeiro do Sul]. Em Rio Branco serão realizadas 24 turmas, totalizando 47 turmas. Até o final de janeiro teremos habilitado cerca de mil policiais penais”.

O diretor do presídio de Sena Madureira, Jair da Silva, destaca que os policiais penais do município serão os primeiros a completarem o curso no estado do Acre e diz que se sente orgulhoso por isso. “Nos comprometemos, de forma profissional e responsável, a honrar este momento e a manter nossas operações institucionais sempre em conformidade com os padrões estabelecidos pelo Presídio Evaristo de Moraes.

Além disso, reiteramos nosso compromisso em utilizar esse armamento com responsabilidade, preservando a dignidade de nossa instituição e respeitando estritamente as leis que regem o uso de armamento. Estamos empenhados em manter um alto nível de aptidão técnica e profissional em nossa função”, ressalta.

Instrutor ministrando o curso de habilitação para manuseio e manutenção da pistola beretta APX.40. Foto: cedida

Alexandre Nascimento, presidente do Iapen, diz que a iniciativa é um passo significativo na missão de capacitar os policiais penais e ressalta a importância para toda a classe. Ele agradece a todos que estão contribuindo para este momento.

“Que este treinamento seja o primeiro de muitos passos em nossa busca por uma força policial mais capacitada, preparada e, acima de tudo, comprometida com a segurança pública. Obrigado a todos por fazerem parte deste momento significativo e pelo trabalho árduo que o tornou possível. Juntos, construiremos um futuro mais seguro e promissor”, afirmou.

Via Agência Acre

Veja Mais