17 maio 2024

Professor de Colégio Militar é acusado de trocar gabarito de provas por nudes de alunos

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Um novo escândalo envolvendo acusações de assédio sexual surgiu recentemente em uma instituição de ensino. Desta vez, os eventos ocorreram em um Colégio da Polícia Militar (CPM) situado no bairro da Ribeira, em Salvador. De acordo com informações obtidas pelo BNews, um professor da escola que desempenhava o papel de assistente de coordenação teria oferecido gabaritos de provas em troca de imagens íntimas de alunos.

Uma aluna da instituição, que preferiu manter sua identidade em sigilo, revelou que o acusado anteriormente era professor de história no colégio e sempre foi próximo dos alunos. Ela relatou que “ele costumava interagir muito com os meninos do 9º ano e com os membros do time de futebol da escola”. Ela também mencionou que as alegações de que ele solicitava fotos íntimas dos alunos datam de 2021, mas só agora vieram à tona.

Segundo a aluna, em decorrência do vazamento do gabarito, a direção do CPM Ribeira decidiu cancelar as avaliações da 3ª unidade do ano letivo. Um áudio obtido pelo BNews mostra um suposto representante da instituição de ensino convocando uma reunião “urgente” com os pais dos alunos do 3º ano do Ensino Médio para discutir o caso.

A Secretaria Estadual da Educação (SEC), responsável pela administração do CPM Ribeira, afirmou que “o servidor foi afastado da unidade até a conclusão das investigações” em resposta ao contato da reportagem.

A assessoria de comunicação da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) informou que o caso está sendo investigado.

O professor acusado não havia se pronunciado sobre o assunto até o momento da publicação da matéria, apesar de ter sido contatado pela reportagem.

Com informações do site BNWES

Veja Mais