21 julho 2024

Programa “A Voz da Cidade” na Avalanche FM 102.7 resgata o passado e conquista muita audiência com clássicos musicais

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

A cidade de Sena Madureira, no coração do Acre, tem vivido um verdadeiro renascimento radiofônico nos últimos meses. Um novo programa de rádio, batizado de “A Voz da Cidade,” estreou na rádio Avalanche FM 102.7 e está conquistando os corações dos madureirenses com sua proposta única de resgatar memórias e homenagear os pioneiros da comunicação na região.

O programa “A Voz da Cidade” vai ao ar de segunda a sábado, das 14h às 16h, e é apresentado pela professora aposentada Arturiete Gonçalves e pelo radiologista Mustafa Assem. O que torna esse programa tão especial é a história por trás de sua criação, que remonta às raízes da comunicação local.

Além de homenagear os pioneiros da comunicação em Sena Madureira Jandira Gonçalves e Floriano Gonçalves, pais de Arturiete, o programa se destaca por seu enfoque musical, tocando os clássicos das décadas de 60, 70 e 80. Essas décadas são conhecidas por uma riqueza musical inigualável, e o “A Voz da Cidade” leva os ouvintes a uma viagem no tempo, relembrando sucessos que marcaram época.

A iniciativa de trazer de volta a “A Voz da Cidade” e sua programação musical retrô surgiu como uma maneira de evocar a nostalgia e resgatar os sentimentos de uma era passada. O programa toca os hits que embalaram a juventude de muitos madureirenses, trazendo à tona memórias especiais e emoções que estão profundamente enraizadas na cultura local.

“A Voz da Cidade” não é apenas um programa de rádio; é uma celebração da história, da cultura e das pessoas que ajudaram a moldar Sena Madureira. O legado da família Gonçalves continua a inspirar a comunidade, unindo gerações em torno do amor pela comunicação e pela memória de uma época dourada da cidade.

A cidade de Sena Madureira orgulha-se de ter o “A Voz da Cidade” de volta ao ar, e agradecemos a Arturiete Gonçalves, Mustafa Assem e toda a família Gonçalves por trazerem de volta essa parte fundamental de sua história. O programa continua a emocionar, informar e unir os ouvintes, e é uma lembrança de que as tradições e memórias podem ser mantidas vivas através do rádio, juntamente com os eternos sucessos das décadas de 60, 70 e 80.

Veja Mais