29 fevereiro 2024

Aneel aprova aumento de 14,52% nas tarifas e energia elétrica fica mais cara no Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Publicidade

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (5), o aumento de 14,52% nas tarifas de energia elétrica no Acre. A medida vai impactar diretamente mais de 280 mil consumidores no estado.

O aumento foi maior para os consumidores de alta tensão, que terão um aumento médio de 18,47%. Para os consumidores de baixa tensão, o aumento médio foi de 14,52%.

Segundo a Aneel, a revisão em questão foi impactada, especialmente, por encargos setoriais, além de custos relacionados aos componentes financeiros apurados no atual processo tarifário e à atividade de distribuição de energia elétrica.

Os encargos setoriais são taxas cobradas das distribuidoras de energia elétrica para custear atividades do setor elétrico, como a Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (P&D) e a Reserva Global de Reativos (RGG).

Os custos relacionados aos componentes financeiros apurados no atual processo tarifário referem-se a despesas que não são diretamente relacionadas à prestação do serviço de distribuição de energia elétrica, como juros, amortização e depreciação de ativos.

Já os custos relacionados à atividade de distribuição de energia elétrica referem-se a despesas diretas com a prestação do serviço, como manutenção da rede elétrica, compra de energia e pagamento de pessoal.

A revisão tarifária foi amplamente discutida com a sociedade interessada por meio da Consulta Pública n.º 032/2023, que contou com uma sessão presencial em 5 de outubro de setembro, em Rio Branco, capital do estado.

A Aneel informou que está monitorando a situação do setor elétrico e que, caso seja necessário, poderá adotar medidas para atenuar o impacto do aumento nas tarifas.

Veja Mais