13 abril 2024

O governador Gladson Cameli anunciou na manhã deste domingo, 25, uma ação emergencial para enfrentar as enchentes que assolam diversos municípios acreanos. Em contatos feitos pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e pela ministra da Saúde, Nísia Trindade, estes se colocaram à disposição do governador para oferecer ajuda. A tendência, segundo institutos de acompanhamento ambiental, é de aumento das águas, agravando a situação nos municípios ainda nos próximos dias.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O governador do Acre, Gladson Cameli, anunciou na manhã deste domingo (25) uma ação emergencial para enfrentar as enchentes que assolam diversos municípios do estado. A medida foi tomada após contatos com o ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e a ministra da Saúde, Nísia Trindade, que se colocaram à disposição do governo acreano para oferecer ajuda.

Segundo o governador, a ação emergencial terá como foco:

Ações de Defesa Civil: Reforço das equipes de resgate e assistência às famílias desalojadas e desabrigadas, com a disponibilização de abrigos, alimentos, água potável e kits de higiene pessoal.

Auxílio financeiro: Liberação de recursos para os municípios atingidos pelas chuvas, a fim de auxiliar na recuperação das áreas afetadas e na compra de insumos básicos.
Obras de infraestrutura: Implementação de medidas emergenciais para minimizar os impactos das enchentes, como a construção de diques e contenções, e a desobstrução de canais de drenagem.

Situação preocupante

De acordo com institutos de acompanhamento ambiental, a tendência é de aumento do nível dos rios nos próximos dias, o que pode agravar a situação nos municípios já afetados pelas enchentes. O governo do Acre está monitorando constantemente o nível dos rios e as condições climáticas, e mantém contato permanente com as autoridades dos municípios para avaliar as necessidades e coordenar as ações de resposta.

Mobilização social

A população do Acre também se mobiliza para ajudar as vítimas das enchentes. Campanhas de doações estão sendo organizadas em diversas cidades do estado, arrecadando alimentos, água potável, roupas, produtos de higiene e outros itens de primeira necessidade.

Ajuda federal

O governo federal também está se mobilizando para auxiliar o Acre no enfrentamento das enchentes. O ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e a ministra da Saúde, Nísia Trindade, se colocaram à disposição do governador Gladson Cameli para oferecer ajuda.

Em um comunicado conjunto, os ministros destacaram que o governo federal está acompanhando de perto a situação no Acre e que está pronto para enviar recursos e equipes para auxiliar no atendimento às vítimas das enchentes.

Ações conjuntas

O governo do Acre e o governo federal estão trabalhando em conjunto para minimizar os impactos das enchentes e auxiliar as famílias atingidas. As ações conjuntas incluem:

Envio de equipes de apoio: Equipes do Ministério da Defesa, do Ministério da Saúde e do Ministério do Desenvolvimento Regional serão enviadas ao Acre para auxiliar nas ações de resposta às enchentes.

Liberação de recursos: O governo federal liberou recursos para o governo do Acre para auxiliar na recuperação das áreas afetadas pelas chuvas.

Acompanhamento da situação: O governo federal está monitorando constantemente a situação no Acre e está em contato permanente com as autoridades locais para avaliar as necessidades e coordenar as ações de resposta.
Governo pede colaboração da população

O governo do Acre pede a colaboração da população para evitar áreas de risco e seguir as orientações das autoridades. Em caso de necessidade, a população pode acionar a Defesa Civil pelo telefone 199.

Veja Mais