16 junho 2024

Cantor sem CNH atropela mulher em Rio Branco; em quatro dias, foram cinco acidentes registrados na capital

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Entre a última quinta-feira (25) e este domingo (28), cinco acidentes de trânsito foram registrados em Rio Branco. Dois acidentes envolveram crianças e um deles, o cantor Wilson Batista, que não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na categoria B, atropelou uma mulher, que ficou em estado grave. De acordo com informações do Batalhão de Policiamento de Trânsito (Bptran-Acre), não houve nenhuma vítima fatal.

Quinta-feira

Segundo o Bptran, na noite da última quinta-feira (25), no bairro Novo Calafate, em depoimento o condutor do veículo disse que uma criança de 5 anos teria tentado atravessar a via de forma brusca e foi atropelada. A vítima estava com a mãe e recebeu atendimento médico de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e logo em seguida foi encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com um hematoma na cabeça e escoriações pelo corpo. O motorista fez o teste de etilômetro e o resultado deu negativo.

Sexta-feira

Já na última sexta-feira (26), conforme informações do Bptran, dois acidentes foram registrados. Durante a tarde, uma colisão entre um carro e uma motocicleta, deixou o condutor da moto de 19 anos, em estado grave. Os dois veículos, trafegavam na rua Isaura Parente, sentido Centro e por haver uma longa fila de veículos, o condutor da motocicleta iniciou uma manobra para conduzir na contramão para ultrapassar os veículos.

Nesse momento, o condutor do carro iniciou a manobra de conversão à esquerda, momento em que houve a colisão. A condutora do veículo realizou o teste de etilômetro e o resultado foi de 0,0 mg/L.

O motociclista foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco e a equipe da Bptran que atendeu a ocorrência foi ao hospital para verificar o estado de saúde do motociclista e foi informada pelos médicos que ele estava em estado grave, com laceração no pé esquerdo, escoriações pelo corpo e possível traumatismo craniano.

Ainda na sexta (26), no período da noite, o Bptran atendeu ao atropelamento de uma mulher de 47 anos, que ocorreu no bairro Vila Ivonete. De acordo com o registro, populares disseram que o veículo seguia na avenida Getúlio Vargas, sentido bairro/centro, e a pedestre descia pelo meio da via, fora da faixa de pedestres, quando houve o atropelamento.

O motorista do carro, que foi identificado como o cantor Wilson Batista, alegou que havia um veículo com o farol de luz alta no sentido oposto, o que fez com que ele não conseguisse visualizar a vítima. O homem fez o teste de etilômetro, tendo como resultado 0,0mg/L.

Durante o procedimento de averiguação da documentação, foi constatado que o cantor não possuía CNH na categoria B [ que permite que os motoristas conduzam veículos de 4 rodas, cujo peso bruto total não exceda 3.500kg], só possuía documento para a categoria A [pode conduzir veículos motorizados de duas ou três rodas], sendo autuado e conduzido à delegacia.

g1 entrou em contato com o cantor Wilson Batista e ele confirmou sobre o acidente e disse estar abalado, assim como a família da vítima. Ele afirmou que irá divulgar seus esclarecimentos posteriormente.

A vítima foi encaminhada para o Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco com suspeita de traumatismo craniano e escoriações pelo corpo. A equipe que atendeu a ocorrência foi ao Pronto socorro e verificou que a vítima estava inconsciente e com traumatismo cranioencefálico grave.

Sábado

Na noite do último sábado (27), no bairro Vila Acre, um motociclista de 41 anos, trafegava pela rodovia AC 40, sentido centro/bairro, quando o veículo, que trafegava em sentido contrário pela mesma rodovia, efetuou uma conversão proibida com o intuito de entrar em um posto. Ao causar o acidente, o motorista fugiu do local a pé, logo em seguida.

De acordo com depoimento de testemunhas, o condutor do veículo apresentava sinais de embriaguez. Dentro do veículo abandonado, a Bptran localizou uma carteira com documentos pessoais e um celular, que podem ser do condutor.

O motociclista foi encaminhado pela viatura do Samu ao Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco e foi contatado que o homem não tinha fraturas aparentes, mas que estava com vários ferimentos pelo rosto, braços e pernas. No momento do atendimento estava sedado aguardando a realização de exames, por esse motivo não foi realizado o teste do etilômetro.

Domingo

No domingo (28), no bairro João Paulo II, uma criança de um ano foi vítima de um acidente com veículo. A equipe da Bptran ao chegar no local, encontrou o automóvel parado na via. Os familiares levaram a vítima ao hospital.

Foi oferecido o teste de etilômetro para a condutora que teve o resultado de 0,0mg/L. A equipe que atendeu a ocorrência, foi ao Pronto Socorro, para onde a criança foi levada, para verificar o estado de saúde da vítima e foi informada que ele estava com suspeita de trauma na cabeça e aguardava para a realização de mais exames.

Via G1 AC

Veja Mais