16 junho 2024

Comunidade São Jorge, no alto rio iaco, lamenta a perda de Dona Raimunda

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Na manhã desta quinta-feira, dia 25, a comunidade São Jorge, situada às margens do Alto Rio iaco, foi tomada por uma triste notícia que abalou os moradores locais.

Dona Raimunda, uma figura querida e antiga na comunidade, saiu de casa pela manhã, como de costume, com o objetivo de colher limões em uma árvore próxima à sua residência.

Preocupado com a demora da mãe, seu filho, Manoel Estevão, decidiu procurá-la e a encontrou sem vida, caída sob a sombra da árvore. O impacto da cena deixou-o profundamente abalado, e ele imediatamente buscou ajuda entre os vizinhos.

A comoção se espalhou rapidamente entre os moradores, que lamentaram profundamente a perda de Dona Raimunda, uma verdadeira matriarca para a comunidade do Rio Yaco.

“Este é um momento de grande tristeza e dor para todos nós”, desabafou o filho, visivelmente consternado.

O sepultamento de Dona Raimunda está agendado para ocorrer no local onde ela residia, na manhã do dia seguinte, reunindo amigos, familiares e toda a comunidade para prestar as últimas homenagens a essa figura tão estimada e querida por todos.

Veja Mais