18 junho 2024

Governo do Acre moderniza Samu com novo sistema de prontuário eletrônico e monitoramento de frota

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Nesta quarta-feira, 24, o governo do Acre implementou um novo sistema de prontuário eletrônico e monitoramento de frota no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu). A iniciativa busca aplicar tecnologia de ponta e recursos modernos para melhorar a assistência à saúde da população do estado.

A atualização está sendo realizada nas três regionais de Regulação de Urgência e Emergência do Estado, localizadas em Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Brasileia. O Samu presta atendimento nos 22 municípios do Acre, cobrindo emergências como obstetrícia, acidente vascular cerebral (AVC), acidentes de trânsito e domésticos, entre outros.

“Com a instalação desse sistema, garantiremos um tempo resposta mais efetivo em nossas ambulâncias. A ferramenta permitirá também uma melhor orientação dos condutores para que cheguem de forma mais célere aos nossos pacientes. É um esforço do governo para otimizar esse serviço em todas as regionais”, declarou o secretário de Saúde, Pedro Pascoal.

Segundo a coordenadora estadual do Samu, Necila Fernandes, a atualização representa uma importante inovação para o serviço. “Agora estamos com o prontuário eletrônico moderno, com sistema de gravação, com tablets nas ambulâncias, onde a equipe vai estar passando as ocorrências para a regulação em tempo real”, explicou.

Desde o início da semana, condutores de ambulância, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que atuam nas unidades do Samu em todo o território estão recebendo treinamento para manusear e utilizar o Sistema de Saúde Online (SSO-Samu) – um software adquirido pelo Estado para a incorporação do prontuário eletrônico e do rastreamento de frota.

O médico do Samu, Taniel Souza, destacou que o Acre segue a tendência de estados dos grandes centros do país com essa atualização. “O sistema é mais amplo e potencializa a comunicação entre a base e as equipes de rua, via aplicativos e dispositivos móveis. O instrumento possibilitará ainda o rastreamento das ambulâncias, podendo avaliar o tempo resposta do atendimento”, disse.

Com a atualização, o fluxo de atendimento seguirá da seguinte forma: a equipe da central de regulação realizará o gerenciamento dos chamados feitos pelo telefone 192. A localização do cidadão que estiver realizando a ligação aparecerá automaticamente no sistema. Com o auxílio do SSO-Samu, a equipe assistencial visualizará todas as informações pertinentes ao chamado por meio do tablet disponível na ambulância. Após o registro dos dados da ocorrência no sistema, será gerado imediatamente um prontuário eletrônico, permitindo um atendimento mais rápido e efetivo.

É importante ressaltar que os moradores de Sena Madureira têm manifestado preocupação com a situação, solicitando a retomada da frota do Samu no município para evitar encaminhamentos para outras cidades.

Veja Mais