18 junho 2024

Homem que assassinou parente do governador Gladson Cameli é preso em Marechal Thaumaturgo

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O homem identificado como G, responsável pela morte de Bruno Cameli Messias no último domingo, 21, foi capturado pelas Polícias Civil e Militar, com apoio do Exército, na residência de um tio dele na comunidade Buenos Ayres, em Marechal Thaumaturgo, na tarde de ontem, 23.

A operação foi coordenada pela Delegacia Geral de Marechal Thaumaturgo. O delegado Marcílio Laurentino relatou que o suspeito foi encontrado na casa de um parente, não resistiu à prisão e alegou ter agido em legítima defesa. Segundo o delegado, durante uma suposta discussão enquanto consumiam bebidas alcoólicas, a vítima teria agredido o suspeito e tentado atacá-lo com um terçado. Para se defender, o suspeito golpeou Bruno Cameli no abdômen com uma faca e fugiu do local.

O autor do crime foi autuado em flagrante impróprio devido à perseguição policial e terá sua prisão preventiva representada. Ele passará por audiência de custódia nesta quarta-feira. O termo “flagrante impróprio” se refere à situação em que a pessoa é perseguida logo após a ocorrência do crime, aparentando ser a autora do delito.

Bruno, que era primo do governador Gladson Cameli, foi morto com uma facada no abdômen na localidade de Triunfo. Seu corpo foi transferido de Marechal Thaumaturgo para Cruzeiro do Sul em um avião do governo do Estado e foi sepultado na segunda-feira, 22.

Veja Mais