16 junho 2024

Polícia Militar fortalece laços comunitários na Cidade do Povo

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

 

Na Cidade do Povo, em Rio Branco, a Polícia Militar do Acre (PMAC) tem implementado com sucesso o Programa de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (PPCDH). Isso transformou a relação entre os policiais e os moradores locais, antes marcada por altos índices de criminalidade e tensões devido a disputas entre organizações criminosas.

O policiamento comunitário tem se destacado por seu envolvimento direto com a população. Em um exemplo emocionante, a moradora Priscila Gomes, diagnosticada com câncer, encontrou apoio fundamental nas equipes do programa. Os policiais, cientes de sua situação vulnerável, mobilizaram uma rede de entidades e órgãos, incluindo a Defensoria Pública e o Ministério Público, para garantir assistência à família de Priscila. Esse apoio incluiu benefícios sociais, assistência médica e doações de alimentos e roupas, demonstrando um compromisso real com o bem-estar da comunidade.

O capitão Marcelo Araújo, coordenador do programa, destaca que esse caso é apenas um entre muitos em que a PMAC tem sido um agente de mudança positiva. Ele enfatiza que a essência do policiamento comunitário está em fazer parte da comunidade e se envolver ativamente em suas questões e necessidades.

Além disso, o programa se estende às escolas da região, com projetos como Guardiões da Paz e Semeando o Futuro, que visam educar e influenciar positivamente os jovens. Essas iniciativas já registraram mais de dez mil atendimentos e formaram mais de dois mil alunos em 2023, evidenciando o impacto a longo prazo desse trabalho na comunidade.

O patrulhamento comunitário também é parte integrante do programa, fortalecendo a relação de confiança entre os policiais e os moradores. Isso é perceptível na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade do Povo, onde os policiais são vistos como amigos e parte integrante da comunidade.

Noemi Rodrigues, gerente-geral da UPA, enfatiza a tranquilidade e confiança que essa presença policial proporciona, destacando a mudança positiva na percepção das pessoas em relação à polícia.

Essas ações da PMAC não se limitam à Cidade do Povo, mas se estendem por todo o estado, demonstrando um compromisso amplo com a segurança e o bem-estar das comunidades mais carentes e vulneráveis. O programa, aliado a parcerias estratégicas com outros setores do governo, fortalece os laços comunitários e cria um ambiente mais seguro e acolhedor para todos.

Via Agência de Notícias do Acre.

Veja Mais