17 junho 2024

Ribeirinha dá à luz em casa em Sena Madureira, Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
A criança nasceu em casa/Foto: Reprodução

Na madrugada desta sexta-feira, 19 de abril, um emocionante relato de superação e solidariedade emergiu da comunidade Fortaleza, situada às margens do rio Iaco, na zona rural de Sena Madureira. Adriana, uma moradora da comunidade Canamary, no alto rio, viu-se em trabalho de parto enquanto seguia em direção à maternidade.

O momento crítico se desenrolou durante a jornada, quando Adriana começou a sentir as contrações do parto. Sem titubear, os habitantes da comunidade Fortaleza uniram forças para prestar assistência à gestante. Com o apoio solidário da comunidade, Adriana deu à luz a um menino, em um momento permeado por intensa emoção.

Contudo, a situação logo se tornou mais desafiadora, pois tanto a mãe quanto o recém-nascido necessitavam de cuidados médicos urgentes. Com o parto em curso e a urgência de assistência médica, a comunidade prontamente acionou as autoridades locais e o Corpo de Bombeiros em busca de socorro.

As preocupações eram palpáveis, especialmente devido ao temor de complicações que poderiam exigir intervenção cirúrgica. No entanto, antes mesmo do raiar do dia, a criança veio ao mundo, surpreendendo a todos e trazendo alívio aos presentes.

Nesta manhã mãe e filho foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros, garantindo assim o atendimento médico adequado e o início de uma nova fase para essa família que já demonstrou tanta resiliência e solidariedade em meio às adversidades.

Veja Mais